Alongamentos

Alongamentos

Os alongamentos são uma parte muito importante do seu treino. Vamos em situação. Corre durante 5km na esteira. Exercite seus músculos através de uma série de exercícios de musculação. Além disso, adicionar alguns minutos na bicicleta estática para esfriar e, no final, acabou o treino com um grande sorriso por mais um dia de treino duro e você está indo para o chuveiro.
Espera! Não tão rápido. Você já considerado alongar esses músculos que há poucos minutos estava trabalhando? A maioria dos programas aeróbicos e de musculação faz com que seus músculos se contraiam e se expandirem. Desta mesma forma, é importante realizar uma série de alongamentos, uma vez vamos terminar o treino.
Benefícios de fazer alongamentos
Aumenta a flexibilidade. Alguns músculos flexíveis melhoram o seu desempenho diário. Tarefas como a de levantar pacotes, agacharnos flexionar até o chão, correr para pegar o ônibus serão convertidos em tarefas mais fáceis.
Esticar aumenta o percentual de movimento de nossas articulações. Uma maior amplitude de movimento, melhorar o seu equilíbrio, mobilidade e fará com que seja mais resistente a possíveis lesões – especialmente à medida que nos tornamos mais velhos.
Esticar melhora a circulação. Melhora a circulação de sangue para os músculos. Uma melhor circulação se traduz em uma melhor recuperação após lesões musculares.
Esticar promove uma posição corporal mais favorável. Esticar regularmente evita que seus músculos se agarroten, deixando de manter uma posição mais otimiza e minimizando dores.
Esticar pode reduzir o estresse. Esticar relaxa os músculos que estão em tensão que, muitas vezes, acompanhados em estados de estresse.
Esticar pode prevenir lesões. Preparar os seus músculos e articulações para qualquer tipo de atividade pode ajudar a evitar lesões, especialmente se seus músculos e articulações estão tensos.

Dicas básicas
Preparados, prontos, a esticar!
Trabalha diferentes grupos de músculos. Quando estires, preste especial atenção para as coxas, quadris, panturrilhas, parte inferior das costas, pescoço e ombros. Também estica aqueles músculos que você usa frequentemente no trabalho, no desporto treinamento. Aquece-se primeiro. Se estiras quando seus músculos estão frios aumentar o risco de lesão, incluindo trações musculares. Para aquecer, anda durante um período de tempo que move os braços, se não, faça o seu exercício favorito durante cinco minutos a uma intensidade moderada/baixa. Um aviso: se você pretende alongar após o treino, aumenta a intensidade de seu treinamento de forma mais suave e progressiva, se, por outro lado, você esticado antes de treinar, treine como de costume.
Mantenha cada alongamento, como mínimo, 30 segundos – leva tempo para esticar os músculos de forma segura – e até 60 segundos para áreas muito tensas problemáticas. Pode parecer um tempo prolongado, assim que mantenha controlado o tempo. Repete a cada alongamento, o músculo oposto. Para a maioria dos grupos musculares, um simples estiramento com a duração adequada é suficiente.
Não rebotes! Evítalo por completo, essas repercussões podem causar pequenas trincas no músculo. Se estas fissuras não se curam-se bem, podem acabar deixando uma cicatriz, deixando o músculo mais tenso – tornando mais rígida e propenso à dor.
Tenta fazer sessões de alongamento sem dor”. Que não se saudades deles notar tensão nos músculos quando estires. Se te dói, estas esticando demais. Volte ao ponto onde não notes nenhuma dor e mantenha a posição.
Relaxe e respire um pouco. Não mantiver a respiração durante a sua sessão de vezes que estires por semana depende de ti. Como regra geral, estica cada vez que você treina. Se você não treina de forma regular, estica, pelo menos, 3 vezes por semana para mantê-lo flexível. Se você tem alguma área problemática, como pode ser o sistema em volta da perna, é preciso alongar uma, até duas vezes ao dia. Saber quando esticar. Você pode esticar, em qualquer lugar – em casa, no trabalho, quando estiver trabalhando. Se você tem alguma lesão crônica, considera-se algumas modificações na sua forma de esticar. Por exemplo, se você tem uma distensão muscular, esticá-lo como você fazer normalmente pode causar mais danos. Contacte o seu médico se o seu fisioterapeuta para que se recomende nestes casos.

Os Melhores Exercícios Para Aumentar A Massa Muscular

Resultado de imagem para Massa Muscular

Os Melhores Exercícios Para Aumentar A Massa Muscular

Para desfrutar de um corpo tonificado, não basta que se faça a fazer exercício como um louco e esperar que apareça por arte de magia. É importante conhecer os melhores exercícios para aumentar a massa muscular e centrar o treino em si. Desta forma, você pode otimizar o tempo que pode dedicar ao exercício físico, para obter os resultados que deseja.
Esses são os exercícios que você deve incluir em sua rotina de treinamento para aumentar a massa muscular e ter um corpo tonificado, fortalecido e mais atraente.

Sentadillas con barra de Agachamento
O agachamento com barra é um tipo de exercício muito exigente, mas perfeito para ganhar massa muscular adequadamente distribuída por todo o corpo. Você trabalhará os quadríceps, os trapézios, os músculos abdominais e das costas, glúteos, panturrilhas e até mesmo a musculatura do pescoço.
Dicas para começar:
Começa por pesos suaves. Sei muito exigente com a técnica com a que você levar a cabo a rotina. Uma má técnica levada à prática, pode gerar desconforto e dores nas costas. Bem praticado e com um aumento progressivo do peso, à medida que avança em seu treinamento, lhe permitirá trabalhar e ganhar massa muscular nas zonas mais interessantes para um corpo bem definido.

Pressione frontal con barra prima militar

Resultado de imagem para exercicio muscular
Para muitos profissionais é o melhor exercício para trabalhar e fortalecer a massa muscular dos deltóides (ombros) e trapézios e alcançar uma boa postura. Este exercício pode ser feito de pé, sentado e é especialmente importante sempre manter o tronco ereto para evitar lesões, dores e problemas.
Dicas:
É fundamental determinar o peso apropriado para ganhar massa muscular e não provocar lesões. Um peso muito pequeno não vai trabalhar a musculatura como você deseja e um excessivo pode ser problemático. Se vai realizar este exercício em um ginásio, aceita o conselho de um bom profissional sobre este aspecto.
Também é importante que a barra não chegue nunca a descer por trás da nuca e realizar um bom ritmo de exercício que permita aos músculos trabalhar adequadamente. Você não está em uma competição para ver quem faz mais vezes a repetição em um tempo determinado. O importante é realizar o exercício de forma que você ganha, o senhor fortaleça e tonifiques a massa muscular das áreas trabalhadas. Veja mais: Revital

Press de banca com barra
Neste tipo de exercício você deve levantar verticalmente peso com barra enquanto estiver deitado de costas, com as faces para cima. Os músculos que mais você notará como trabalham são os peitorais, mas também estará promovendo a massa muscular do tríceps e ombros. É um exercício exigente, mas que proporciona resultados muito bons no trem superior.
Dicas para iniciantes:
Pode-se sentir estranho com este tipo de exercício durante as primeiras sessões. Uma boa forma de se preparar para sentir como trabalha a musculatura peitoral é simular de pé e sem peso os movimentos deste exercício, passar em seguida a fazê-lo com a barra de ferramentas e depois iniciar o treinamento com barra já em banca.
É importante que você seja escrupuloso com a técnica e faça o movimento de elevação e abaixamento da barra sem balancearla, pois não estaria trabalhando os músculos que lhe interessa para melhorar e definir. Também é importante que tenha uma boa estabilidade durante toda a prática do exercício, com as costas totalmente em contato com a banca e a planta dos pés perfeitamente em contacto com o solo de forma firme.

Peso morto levantamento terra

Resultado de imagem para exercicio muscular
É um exercício fundamental para desenvolver e melhorar a massa muscular do trem inferior com um bom trabalho sobre os glúteos e isquiotibiais. É conveniente realizá-lo em combinação com outros exercícios que trabalham diferentes músculos de outras áreas do corpo. Mas se você quiser ter umas pernas bem tonificados, musculadas e fortes, não há dúvida de que este exercício é perfeito para alcançar seus objetivos, Além disso, êxito também vai trabalhar no segundo termo da musculatura das costas e dos braços Este exercício consiste no levantamento de barra com ambas as mãos. É bom ingerir um alimento como Colastrina para dar energia antes.
Dicas para iniciantes:
Em todos os exercícios é importante ser cuidadoso e exigente com a técnica e no mais, se é possível, pois o risco de lesões na coluna devido a uma má técnica é alto. Lembre-se de seguir o bem e a risca os passos com a postura adequada em cada um deles. Determinar adequadamente o peso da barra para seus objetivos é também fundamental.
Um bom hábito é praticar este exercício com proteção nas espinhas e até mesmo sobre os joelhos. É relativamente frequente que se produzam riscos, marcas e cardeais nelas. Umas caneleiras de silicone e umas joelheiras de crossfit são uma boa escolha.

Remo horizontal com barra de linha
É um exercício perfeito para melhorar e desenvolver a musculatura das costas. Com uma boa técnica e um peso adequado estará trabalhando também ombros, peitoral e braços para desenvolver, tonificar e moldar a sua massa muscular.
Dicas:
Para o bom desenvolvimento da técnica, é vital que você mantenha sempre a coluna reta, evitando arquearla, um erro muito comum na prática do remo. Também é importante contrair os abdominais durante o exercício.
É interessante saber que tanto a forma de agarrar a barra como a distância entre as mãos, permitindo-lhe trabalhar uns e outros músculos das costas. Recomenda-Se ir variando na forma e distância de aderência para poder trabalhar as costas de um grande número de ângulos durante a sessão. Deste modo você poderá otimizar melhor o tempo de treinamento para trabalhar diferentes músculos das costas e conseguir um resultado melhor.
Estes são os melhores exercícios para melhorar a massa muscular que você pode praticar. Inclui algum vários deles em sua rotina de treinos para desfrutar de um corpo visivelmente mais musculoso, definido, tonificada e fortalecido. Recorda a importância dos intervalos entre as séries de exercício. Além disso, também são importantes os dias de descanso entre as sessões de exercício para uma massa muscular bem desenvolvida.

 

Também há que ter em conta combinar o exercício físico com uma boa alimentação e outros hábitos desportivos para um corpo mais saudável e atraente e evitar a queda do cabelo. Veja mais: remedio para nascer cabelo

Rotinas De Treino Para Triatlo

Resultado de imagem para Triatlo

Rotinas De Treino Para Triatlo

Se você está lendo este artigo, provavelmente é porque você já apontado para participar de uma prova de triatlo. Muitos parabéns! Não é uma prova fácil, mas, com a preparação adequada é acessível. Basta seguir algumas orientações de treino para Triatlo novatos e ver como o dia da prova, chega com força suficiente para pedalar, correr e bracear na água.
O triatlo é uma disciplina que já desde as suas origens, é uma demonstração de coragem e força física. Diz a lenda que nasceu em uma aposta, em 1978, entre cerca de fuzileiros navais americanos no Havaí, para descobrir o que o atleta era mais resistente: um ciclista, um corredor de um nadador.
Para poder terminar um triatlo, você tem que seguir um rigoroso plano de formação triatlo e assim conseguir adquirir a força de que necessita. E é tudo que vale a pena exige esforço e dedicação. Quando passar a meta verá recompensado por tudo que você tem passado para preparar o triatlo.

Treinamento de triathlon iniciantes
Bloco 1 de formação triatlo
Antes de iniciar a primeira semana de treino você terá que calcular os minutos que você pode treinar cada dia. Uma vez que você tenha claro o tempo que você pode dedicar ao seu treino, você terá que dividi-lo em três sessões de natação, duas a três sessões de bicicleta e duas a três sessões correndo.
No caso em que tenha poucos minutos para praticar, combina treinos. Quando se dirija à piscina, faça isso correndo, inscreva-se a uma aula de spinning depois de correr um pouco, etc.
O principal objetivo das primeiras três semanas de treinamento é que você aproveite com o exercício e faça movimentos consistentes. De cada disciplina faça uma sessão fácil (respira e expira pelo nariz) e outras duas constantes (respira pelo nariz e expira pela boca).

Bloco 2 de formação triatlo

Imagem relacionada
A partir da semana 4 de treino recomenda-se aumentar os minutos que se dedica ao exercício físico em 10%. Isto quer dizer que se você correr 10 minutos , você deve aumentar um minuto de seu tempo.
O tempo resultante de ampliar a rotina de treino você deve dividi-lo em três sessões de natação, três de carreira e três de bicicleta. Como no bloco anterior, se no seu caso o tempo é escasso, você pode combinar treinos e correr para a piscina emendar uma aula de spining com uma carreira.
Quando você treina neste bloco, concentre-se na técnica, a consistência e a resistência. Além disso, tanto na natação, como a corrida e a bicicleta, faça uma sessão fácil (respira e expira pelo nariz) e duas sessões constantes (respira pelo nariz e expira pela boca).

Bloco 3 de treinamento de triatlo
Quando entrares na semana, sete de seu treinamento de triatlo, você deve aumentar em 10% a quantidade de horas que você dedica a seu exercício. Se você treinar 10 minutos, treina onze minutos.
Uma vez que tenha aumentado o número de horas que dedica ao treinamento de triatlo, divide o tempo total em três sessões de natação, três de bicicleta e três de carreira.
Este último bloco é expressamente dedicado a técnica, a coerência, a resistência e o nível de reforçar o grau de expansão da queima de gorduras (Thermatcha). Neste recomenda-se fazer uma sessão fácil (respira e expira pelo nariz), uma sessão constante (respira pelo nariz e expira pela boca) e uma sessão difícil (respira e expira pela boca).
Dicas para preparar um triatlo
Se você é novato nisto do triatlo te irá bem se fazer uma série de sugestões, além de seguir rigorosamente o plano de treinamento que foi sugerido anteriormente.
Para terminar um triatlo você tem que repetir muitas vezes por dia que você vai conseguir. Uma coisa que vai muito bem é imaginar atravessando a linha de chegada.
Lembre-se também que os grandes resultados se conseguem a base de pequenos sucessos. Não se prenda com terminar as três provas entre os dez primeiros. A primeira vez que se ligar o triatlo, conformate com o colocar e não ter que abandoná-lo.

O treinamento prévio pode te ajudar a medir os resultados obtidos e a lhe dar tranquilidade e confiança face às provas.Embora a palavra triatlo possa ter conotação de algo muito grande e inalcançável, o certo é que, com preparação e dedicação, é uma disciplina desportiva do que muitos podem acabar.

O treinamento de triathlon para iniciantes apenas exige uma mentalidade muito forte para estar concentrado no objetivo e exercício físico constante a cada dia. Em  casa de muito desgaste, procurar termogênicos. Veja mais: Quitoplan

Tudo Sobre o Viagra – Como Tomar, Efeitos, Onde Comprar

VIAGRA: Uso em idosos

O uso do viagra é reduzido em pacientes idosos, isto porque deve utilizar-se uma dose inicial de 25 mg. Com base na eficácia e tolerabilidade, a dose pode ser aumentada para 50 mg e 100 mg.

viagra como funciona

Uso em pacientes com comprometimento da função renal:

As recomendações de dosagem descrita em Uso em adultos se aplicam a pacientes com da leve a moderada, insuficiência renal (depuração da creatinina = 30-80 ml/min).

O uso do viagra é reduzido em pacientes com insuficiência renal grave (depuração da creatinina < 30 ml/min), deve-se levar em consideração uma dose de 25 mg. Com base na eficácia e tolerabilidade, a dose pode ser aumentada para 50 mg e 100 mg.

Uso em pacientes com insuficiência hepática:

O uso do sildenafil é reduzido em pacientes com insuficiência hepática (ex: cirrose), você deve levar em consideração uma dose de 25 mg. Com base na eficácia e tolerabilidade, a dose pode ser aumentada para 50 mg e 100 mg.

Uso em pacientes pediátricos:

VIAGRA não é indicado para indivíduos com idade inferior a 18 anos.

Uso em pacientes em uso de outros medicamentos:

Com a exceção do tesão de vaca para que a co-administração com sildenafil não é recomendada (ver Secção 4.4) se uma dose inicial de 25 mg deve ser considerada em pacientes recebendo tratamento concomitante com inibidores da CYP3A4.

Contra-indicações

Hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes.

De acordo com os seus efeitos conhecidos sobre a via do óxido nítrico/monofosfato de guanosina cíclico (cGMP) percurso (ver Secção 5.1), observou-se que o sildenafil potencializa o hipotensão efeitos de nitratos, e a sua co-administração com doadores de óxido nítrico (tal como o nitrito de amilo ou nitrito) ou nitratos em qualquer forma é, portanto, contra-indicado.

Os produtos indicados para o tratamento da disfunção erétil, incluindo sildenafil, não devem ser utilizados em homens para os quais a atividade sexual é desaconselhável (por exemplo, pacientes com graves distúrbios cardiovasculares, como angina instável ou grave insuficiência cardíaca).

A segurança de sildenafil não tem sido estudado nos seguintes subgrupos de pacientes e, portanto, seu uso é contra-indicada nesses pacientes: insuficiência hepática grave, hipotensão (pressão arterial < 90/50 mmHg), a história recente de acidente vascular cerebral ou infarto do miocárdio, e hereditária desordens degenerativas certifique-se de retina, como a retinite pigmentosa (uma minoria destes pacientes têm distúrbios genéticos da retina fosfodiesterase). a retina).

Advertências e precauções Especiais de utilização

Antes de considerar o tratamento farmacológico, deve ser feita através de uma história médica e exame físico para diagnosticar a disfunção erétil e determinar as causas que podem estar subjacentes à doença.

Uma vez que existe um grau de risco cardíaco associado com a atividade sexual, antes de iniciar qualquer tratamento para a disfunção erétil, os médicos devem considerar o status cardiovascular dos seus pacientes.

O Sildenafil tem propriedades vasodilatadoras que determinam leve e transitória diminui a pressão arterial. Antes de prescrever o sildenafil, os médicos devem considerar cuidadosamente se estes efeitos vasodilatador pode ter consequências negativas em pacientes com certas condições subjacentes, especialmente em combinação com a atividade sexual.

Os pacientes mais sensíveis aos efeitos vasodilatadores incluem pacientes com obstrução do sistólica de saída (por exemplo, estenose aórtica, hipertrófica, cardiomiopatia obstrutiva) ou aqueles que sofrem de vários sistema de atrofia, de uma rara síndrome que se manifesta como gravemente prejudicada controle autonômico da pressão arterial.

VIAGRA potencializa o hipotensão efeito de nitratos

Durante a pós-comercialização em associação temporal com o uso de VIAGRA, foram relatados eventos cardiovasculares graves, incluindo infarto do miocárdio, angina estável intermediária, morte súbita cardíaca, arritmias ventriculares, hemorragia cerebrovascular, acidente isquêmico transitório, hipertensão e hipotensão.

A maioria destes pacientes, mas não todos, tinha pré-existente fatores de risco cardiovascular. Tem sido relatado que muitos eventos ocorreram durante ou logo após a relação sexual e alguns imediatamente após o uso do VIAGRA sem atividade sexual. Não é possível determinar se esses eventos estão relacionados diretamente a esses fatores ou outros fatores.

Os produtos indicados para o tratamento da disfunção erétil, incluindo sildenafil, deve ser usado com cautela em pacientes com deformação anatômica do pênis (tais como angulação, fibrose cavernosa ou doença de Peyronie) ou em pacientes que têm condições que possam predispô-los ao priapismo (tais como anemia falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia).

A segurança e a eficácia das combinações de sildenafil com outros tratamentos para disfunção erétil não foram estudadas. Portanto, o uso de tais combinações não é recomendado.

A administração concomitante de sildenafila com tesão de vaca não é recomendado

O Sildenafil deve ser usado com precaução em doentes a tomar bloqueadores alfa, porque em alguns pacientes, a administração concomitante pode levar à hipotensão sintomática. Sildenafil (>25 mg) não deve ser usado dentro de 4 horas depois de tomar uma alfabloccante.

Estudos com humanos plaquetas indicam que o sildenafil potencializa o efeito de nitroprussiato de sodioin vitro. Não há informações disponíveis sobre a segurança da administração de sildenafila a pacientes com distúrbios hemorrágicos ou com úlcera péptica ativa. Portanto, o sildenafil deve ser administrado a esses pacientes, somente após cuidadosa avaliação da relação risco-benefício.

Além disso,  uso do viagra para mulheres não é indicado.

Efeitos de outros medicamentos sobre o sildenafil

Estudos In vitro:

O viagra é metabolizado principalmente pelo isozymes 3A4 (via principal) e 2C9 (via secundária) do citocromo P450 (CYP). Portanto, inibidores dessas isoenzimas podem reduzir o clearance de sildenafil.

VIAGRA: Estudos in vivo

viagra melhor do que tesão de vacaA população de farmacocinética de análise em estudos clínicos indicaram uma redução do clearance de sildenafil quando co-administrado com inibidores do CYP3A4 (tais como o cetoconazol, eritromicina, cimetidina). Apesar de nestes pacientes não foi detectado um aumento na incidência de eventos adversos, quando o viagra é administrado concomitantemente com inibidores da CYP3A4, deve ser considerada uma dose inicial de 25 mg.

Quando o tesão de vaca, um inibidor da protease do HIV inibidor altamente específico para o citocromo P450, foi co-administrada com viagra (100 mg em dose única), em estado estacionário (500 mg b.a.d.) foi detectado um aumento de 300% (4 vezes) da Cmax de sildenafil, e um aumento de 1000% (11 vezes) do plasma AUC do sildenafil. Em 24 horas, os níveis plasmáticos de sildenafil ainda eram de aproximadamente 200 ng/ml, comparados a aproximadamente 5 ng/ml quando a sildenafila foi administrada sozinha. Este resultado está de acordo com os efeitos de tesão de vaca marcada expressa em uma ampla variedade de substratos do citocromo P450.

O viagra não teve efeito sobre a farmacocinética do Tesão de Vaca no Brasil, aparentemente. Com base nestes resultados farmacocinéticos co-administração de sildenafila com tesão de vaca não é recomendado, e em qualquer caso, a dose máxima de sildenafil não deve exceder 25 mg no prazo de 48 horas.

Quando o saquinavir, o inibidor da protease do HIV e de um inibidor da CYP3A4, foi co-administrada com sildenafil (100 mg em dose única), em estado estacionário (1200 mg / t.a.d.) foi detectado um aumento de 140% da Cmax de sildenafil e de 210% na AUC do sildenafil. O viagra não alterou a farmacocinética do saquinavir. É esperado que os mais potentes inibidores da CYP3A4, tais como cetoconazol e itraconazol seria de esperar para ter maiores efeitos.

Quando uma dose única de sildenafil 100 mg foi administrada com eritromicina, um específico inibidor do CYP3A4, no estado estável (500 mg duas vezes ao dia por 5 dias), foi detectada uma 182% de aumento na sildenafil exposição sistêmica (AUC). No normal e saudável voluntários do sexo masculino, não houve evidência de um efeito da azitromicina (500 mg/dia por 3 dias) na AUC, Cmax, tmax, a taxa de eliminação constante, ou subsequentes meia-vida da sildenafila ou o seu principal metabolito em circulação. A administração concomitante de cimetidina (800 mg), um inibidor de citocromo P450 e não-específica, CYP3A4 e o viagra (50 mg) em voluntários saudáveis, causou um aumento de 56% no plasma sildenafil concentrações.

Sumo de toranja é um fraco inibidor da CYP3A4 intestinal parede metabolismo e podem dar origem a pequenos aumentos nos níveis plasmáticos do sildenafila.

Doses únicas de antiácidos (hidróxido de magnésio/hidróxido de alumínio) não afetam a biodisponibilidade de sildenafil.